Início Salvador Ministério Público vistoria passarela dos ambulantes na Barra

Ministério Público vistoria passarela dos ambulantes na Barra

0
Foto: Ascom/MP

O Ministério Público estadual vistoriou na quarta-feira (31), as passarelas que serão utilizadas pelos ambulantes durante o Carnaval 2024 e verificou a necessidade de reparos e correções. A inspeção, realizada pela Coordenação do Carnaval 2024 e pela Central de Apoio Técnico do MP (Ceat), contou com a participação dos promotores de Justiça André Lavigne, Andréa Scaff e Adalvo Dourado e dos arquitetos e engenheiros da Ceat, servidores Marina Campos, Alexandre Matos, Victor Souza, Wagner dos Anjos e Sílvio Goes.

Também participaram da visita técnica representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) e da Fundação Mario Leal Ferreira (FMLF).

O MP solicitou que o projeto de execução das passarelas seja atualizado e apresentado com os elementos estruturais recalculados de acordo com o executado. Dentre as adequações necessárias apontadas pelo MP está a necessidade de descer o nível dos apoios das sapatas de concreto para um nível de areia abaixo de 60 cm, de forma que a passarela não fique apoiada em cima de areia e sujeita a movimentação.

A Ceat também apontou a necessidade de se realizar a ancoragem da estrutura na própria contenção como reforço para evitar o giro da estrutura. Foi apontada também a importância de revisar todos os pontos de apoio, adequando peças que não estão em prumo e não estão instaladas de forma central. De acordo com a coordenadora da Ceat, promotora de Justiça Andrea Scaff, as orientações técnicas para as correções já foram passadas, em campo, para a empresa que presta o serviço para a Prefeitura de Salvador.

“As alterações foram acolhidas e a empresa se comprometeu a fazer as modificações propostas”, afirmou a promotora de Justiça. Pela tarde, a Ceat e a coordenação do Carnaval 2024 se reuniram em teleconferência com o Corpo de Bombeiros, Semop e Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea) para tratar do assunto.

Ao longo da próxima semana e durante o Carnaval, serão realizadas novas vistorias nas passarelas para verificar as adequações.

Fonte Acorda Cidade

Artigo anteriorPessoas que tiveram casas alagadas devem ficar atentas ao risco de leptospirose
Próximo artigoAgente penitenciário é morto a tiros na Avenida Fróes da Mota em Feira de Santana

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui