Início Bahia Homem é morto a tiros em Salvador; vizinho da vítima, policial militar...

Homem é morto a tiros em Salvador; vizinho da vítima, policial militar é suspeito de cometer crime

0
Foto: Arquivo Pessoal

Um homem de 44 anos foi morto a tiros na noite de domingo (3), no Alto da Ondina, em Salvador. Segundo a família da vítima, o crime foi cometido por um policial militar da 12ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Rio Vermelho).

Os familiares de Agnaldo Antunes da Silva contaram que ele bebia cerveja na porta de casa, na companhia da filha de 7 anos, quando o PM, que é vizinho dele, identificado como Felipe Rodrigues Lima, passou no local engatilhando a arma.

“Nós estávamos aqui, tomando cerveja, reunidos com os vizinhos. Esse elemento, que se diz policial, passou com a arma ostentando, engatilhou a arma e meu esposo não gostou”, disse a viúva da vítima, que preferiu revelar a identidade.

“Ele desceu para falar que ele não poderia fazer isso, porque tinham crianças brincando. Mas só que não deu tempo dele falar. Deu três disparos no meu esposos, no pescoço, tórax e na barriga”, afirmou.

Segundo a família de Agnaldo Antunes da Silva, o militar estava sem farda e fugiu do local após fazer os disparos. A vítima foi levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos.

“Ninguém tem o direito de tirar a vida de ninguém, principalmente de um pai de família correto, direito e honesto. Que ele seja preso e mofe na cadeia. Eu quero justiça e vou correr atrás com toda as minhas forças”, lamentou a viúva de Agnaldo da Silva.

Os moradores da Travessa Pinto Machado contaram que o PM era morador recente da localidade e costumava intimidar vizinhos com arma. A viúva da vítima disse que Agnaldo e Felipe nunca tiveram desentendimentos antes.

O que diz a PM

Em nota, a Polícia Militar informou que agentes da 12ª CIPM foram acionados por moradores do Alto da Ondina. Ao chegar no local, os PMs socorreram Agnaldo da Silva e o levaram para o HGE.

A PM informou ainda que os policiais foram avisados que o autor do disparo seria um militar lotado na unidade e que ele tinha fugido do local do crime.

Segundo a corporação, os policiais foram na casa do suspeito, mas ele não estava no imóvel.

Também por meio de nota, a Polícia Civil afirmou que o caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A corporação não confirma que o PM é considerado suspeito.

Diz apenas que informações preliminares apontam que Agnaldo da Silva teria sido morto após passar pelo suspeito e não cumprimentá-lo. Logo em seguida, o autor do crime foi até a porta da vítima e disparou várias vezes contra ela.

A Polícia Civil informou que câmeras de segurança serão solicitadas para identificar o suspeito e que testemunhas serão ouvidas para esclarecer a motivação do crime.

Fonte G1 Bahia

Artigo anteriorQuatro suspeitos de envolvimento na morte de policiais são mortos em confronto com a PM na BA
Próximo artigoQuantitativo de árvores cresceu 20 vezes mais que o de habitantes em Feira nos últimos cinco anos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui