Início Feira de Santana Especialista alerta para uso equilbrado de vitaminas durante inverno

Especialista alerta para uso equilbrado de vitaminas durante inverno

0
Google search engine

No período invernal, devido a mudança brusca de temperatura, aliada ao clima seco, é comum que algumas pessoas sejam mais sensíveis a doenças e vírus. O farmacêutico Dr. Fabricio Cerqueira, explicou em entrevista ao De Olho na Cidade, que o bom uso de vitaminas pode prevenir esse quadro.

“As vitaminas são essenciais para o funcionamento de todas as esferas do nosso organismo”, diz o especialista. A deficiência de qualquer uma das vitaminas implica em problemas e danos na saúde.

O doutor destaca que o ideal não é simplesmente buscar o fortalecimento do sistema: “Se eu tenho um sistema imune muito forte, eu posso ter reações mais graves”. De maneira geral, o sistema imune funciona como um exército, onde cada um exerce uma função específica.

Dentro desses exércitos, há os Linfócitos B, que atuam na produção de proteínas imunológicas, os famosos anticorpos: “Entrou o vírus da gripe, por exemplo, o linfócito B marca. E assim toda vez que o vírus entra no organismo, todo o exército consegue identificar e combater”.

A Vitamina C é a mais conhecida e procurada durante esse período. Presente em alimentos como frutas, saladas,e legumes, durante o inverno, é comum diminuir o consumo dessas comidas e focar em pratos mais quentes, como sopas.

Normalmente, a Vitamina C pode provocar hipervitaminose (quando uma vitamina excede sua quantidade necessária). Assim, a vitamina pode ser utilizada de forma corriqueira, especialmente se o indivíduo faz pouco consumo de alimentos que constituem o ingrediente.

Contudo, se o paciente já está gripado, a vitamina não ajudará muito na cura, mas fortalecerá o sistema de não adoecer novamente. Demais suplementos e medicações, não devem ser consumidas sem orientação médica.

Artigo anteriorFalta de medicamentos preocupa setor farmacêutico
Próximo artigoHospital da Mulher lança campanha de incentivo à amamentação e doação de leite

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui